Pedro Freitas Branco marcou os anos 90 (mas não só) de Portugal com a sua música e a sua escrita. Ficou mais conhecido pela sua passagem pelos nossos ouvidos com Pedro e os Apóstolos ou Heróis do Rock mas é, acima de tudo, um melómano – ou coleccionador acidental, como ele sugere. Para além do espaço mediático, há lugar para histórias, conhecimento profundo e uma vida com muito espaço para a coragem.